Conheça os Curadores do 25º FNT Guaramiranga

 PAULO FEITOSA (CE) | Empreendedor social, Gestor Cultural e Publicitário. Dirigi desde 2007 a produtora Quitanda das Artes aonde vem desenvolvendo extensa atividade como idealizador, coordenador, diretor executivo e mobilizador de recursos para projetos cultuarias em seus diversos segmentos, com atuação nacional e internacional. Nos últimos anos vem realizando projetos de intercâmbio, circulação, pesquisa, formação e difusão cultural, nos planos regional, nacional e internacional, com destaque para a articulação entre Poder Público, iniciativa privada, terceiro setor, produtores culturais, artistas e públicos. Entre suas ações destaca sua assinatura na criação, direção e curadoria de festivais e redes de intercâmbio. Atualmente integram o núcleo gestor da rede brasileira de festivais de artes cênicas. Entres os anos 2013 e 2014, dedicou-se à gestão de políticas públicas para a cultura, como Secretário Executivo da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

 

 BEL TOLEDO (SP) | Criadora e realizadora do Panorama Paulista de Circo , 8 edições da Palhaçaria Paulistana de Circo , Palhaçaria do Litoral, Palhaçaria do Nordeste, Curadora das 10 edições do Festival Paulista de Circo , produtora executiva do FIC- Festival Internacional de Circo , presidente da Cooperativa Brasileira de Circo de 2005 a 2016 , atualmente diretora do Centro de Qualificação as Artes do Circo Tendal da Lapa.

 

 

 

 

 CRISTINA CASTRO (BA) | Gestora cultural e coreógrafa. Diretora e curadora artística do Vivadança Festival Internacional que acontece há doze anos na Bahia. Integra o colegiado de programação e gestão do Teatro Vila Velha. Fundou em 1998 a cia Viladança circulando seus espetáculos e oficinas no Brasil, Europa e América do Sul. Premiada pela Unesco com o Prize for the Promotion of the Arts e diplomada pela Universidade Federal da Bahia no curso de licenciatura em dança. Convidada pela Fundación Carolina e Embaixada da Espanha participou do Primer Programa Sociedad Civil de Brasil nas cidades de Bilbao, Madrid e Vitoria. Pela Bolsa Vitae, participou do International Arts Management e International Choreography Residency nos EUA e pelo Goethe Institut e Embaixada da Alemanha, de intercâmbios em Frankfurt, Munique, Berlin, Dresden, Hamburgo, Essen, Stuttgart e Düsseldorf. Em 2016 e 2017 em parceria com a Arts Foudation e o Culture.pl realizou o projeto Yanka Rudzka com ações no Brasil e cidades da Polônia. Participa de palestras e projetos de intercâmbios no Brasil e exterior. Em 2017 realizou a 1ª edição do projeto Pavio- artes e negócios, promovendo networkings e cursos sobre produção e difusão das artes cênicas, na cidade de Salvador.

 

 FELIPE DE ASSIS (BA) |  É artista da cena, produtor cultural, pesquisador e curador, trabalha desenvolvendo projetos culturais com interesse no desenvolvimento humano. Colabora com comissões de seleção e curadorias independentes. Mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (PPGAC UFBA). Graduado em Direção Teatral pela Escola de Teatro da UFBA. Co-criador do Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Fiac Bahia), no qual atua como coordenador geral e curador desde 2008. Criador e curador do Ponto Fiac, festival de música e artes visuais. Coordenou os projetos Mediação Fiac e Mediação Cultural, programas de formação em artes cênicas em Salvador e Região Metropolitana. Foi coordenador cultural da Aliança Francesa de Salvador.

 

 GABRIEL MURILO (MG) | Mestre em Música pela UFMG. Como integrante co-fundador da Embaixada Cultural ele coordena residências artísticas internacionais no Brasil e exterior e dirige o encontro internacional “Música Mundo” em Belo Horizonte. Co-dirigiu o Programa Música Minas, fomentando a circulação internacional e regional da cena mineira. Foi um dos integrantes do grupo cuiabano Macaco Bong e circulou por todo país promovendo um modelo autogestionado de carreira musical no Brasil. Co-fundador e integrante do grupo cênico-musical Serelepe/EBAUFMG; Integra o duo de post-rock experimental Confeitaria circulando pelo Brasil e internacionalmente.

 

 

 PEDRO VILELA (PE) | Formado em Educação Artística pela Universidade Federal de Pernambuco (2006), atualmente é Mestrando em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia. Com o Grupo Magiluth, dirigiu os espetáculos O Canto de Gregório, Aquilo que meu olhar guardou para você, Luiz Lua Gonzaga e Viúva, porém honesta, com o qual recebeu da APACEPE, os prêmios de melhor espetáculo e direção. Em 2012 foi escolhido entre 13 latino-americanos para integrar o WEYA – World Event Young Artist, encontro mundial de jovens criadores em Londres, e no ano seguinte foi apontado pela revista especializada em teatro, Antro Positivo, como um dos principais diretores do país (ed. Setembro 2013). Atualmente desenvolve a TREMA! Plataforma de teatro, onde é curador do TREMA! Festival, além de ensaísta e crítico colaborador da Revista Continente.

 

Para esta edição os Curadores também serão os Debatedores dos espetáculos da Mostra Nordeste.

O 25º Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga é uma realização da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (AGUA) e é um projeto é apoiado pela Secretaria Estadual da Cultura Lei Nº 13.811, de 16 de agosto de 2006.