Vigésima quinta espiral

Luciano Bezerra (o Lula) 

Sinto-me, em relação a construção do FNT, um semeador que estava no lugar e hora certos.

A tradição existia mantendo-se em mansos ciclos, a vontade política configurou-se determinada e bem orientada e a força de trabalho e realização de alguns jovens idealistas ali se reuniram num magnetismo de interessante sintonia. Pronto! Configurou-se um momento singular, e a nós coube plantar a semente naquele chão propício.
A semente boa escolhida, o FNT, nasceu vigorosa, cresce bem cuidada e vai tornando-se uma grande árvore sombreira de tantos frutos!
E que no ponto da vigésima quinta espiral, este movimento se renove em novos ciclos!

Luciano Bezerra
Sócio-Fundador da AGUA